Resumo:

  • Os avanços na IA (inteligência artificial) e no aprendizado de máquina estão acelerando o progresso tecnológico; 
  • O aumento no uso da IA cria um paradoxo: uma maior facilidade de invasões ao lado de maiores possibilidades de segurança; 
  • A Forbes entrou em contato com cinco especialistas cibernéticos para falar sobre as previsões do uso de inteligência artificial no próximo ano;

cibersegurança está entrando em 2020 em um ponto de inflexão. Os avanços na IA (inteligência artificial) e no aprendizado de máquina estão acelerando o progresso tecnológico. Dados e análises em tempo real estão possibilitando a criação de casos de negócios mais fortes, gerando maior adoção. Os gastos com segurança cibernética raramente têm sido associados ao aumento de receita ou à redução de custos, mas isso está prestes a mudar em 2020.

O que os principais especialistas em segurança cibernética estão prevendo para 2020

Interessado no que os principais especialistas em segurança cibernética pensam que acontecerá em 2020, entrei em contato com cinco deles. Entre os especialistas com quem conversei estão Nicko van Someren, Ph.D. e diretor de tecnologia da Absolute Software; Dr. Torsten George, evangelista em cibersegurança no Centrify; Craig Sanderson, vice-presidente de produtos de segurança da Infoblox; Josh Johnston, diretor de IA da Kount; e Brian Foster, vice-presidente sênior de gerenciamento de produtos da MobileIron. Cada um deles traz uma perspectiva experiente, perspicaz e exclusiva de como a IA e o machine learning melhorarão a cibersegurança em 2020. A seguir, suas dez previsões:

1- Segurança de TI A IA e o aprendizado de máquina continuarão a permitir melhorias no gerenciamento de ativos que também proporcionam ganhos exponenciais em segurança de TI, gerando maior resiliência aos terminais em 2020. Nicko van Someren, Ph.D. e o diretor de tecnologia da Absolute Software, observa que “manter as máquinas atualizadas é um trabalho de gerenciamento de TI, mas é um resultado de segurança. Saber quais dispositivos devem estar na minha rede é um problema de gerenciamento de TI, mas tem um resultado de segurança. E saber o que está acontecendo, quais processos estão em execução e o que está consumindo internet da rede é um problema de gerenciamento de TI, mas é um resultado de segurança. Não as vejo como atividades distintas, mas sim como múltiplas facetas do mesmo espaço problemático, acelerando em 2020 à medida que mais empresas escolhem maior resiliência para garantir pontos finais.”Próxima TelaTela cheia1/10 SLIDES © gettyimages-Heroimages

1- Segurança de TI A IA e o aprendizado de máquina continuarão a permitir melhorias no gerenciamento de ativos que também proporcionam ganhos exponenciais em segurança de TI, gerando maior resiliência aos terminais em 2020. Nicko van Someren, Ph.D. e o diretor de tecnologia da Absolute Software, observa que “manter as máquinas atualizadas é um trabalho de gerenciamento de TI, mas é um resultado de segurança. Saber quais dispositivos devem estar na minha rede é um problema de gerenciamento de TI, mas tem um resultado de segurança. E saber o que está acontecendo, quais processos estão em execução e o que está consumindo internet da rede é um problema de gerenciamento de TI, mas é um resultado de segurança. Não as vejo como atividades distintas, mas sim como múltiplas facetas do mesmo espaço problemático, acelerando em 2020 à medida que mais empresas escolhem maior resiliência para garantir pontos finais.”