Ontem (03), o WhatsApp sofreu uma instabilidade de serviço e muitos usuários pelo mundo tiveram dificuldades em compartilhar mídias, como fotos, vídeos e áudios, pelo aplicativo. Instagram, Facebook e Twitter também sentiram instabilidades em suas plataformas. Infelizmente, muitas correntes começaram a correr no WhatsApp indicando que ele teria sido derrubado por decisão judicial ou que ele se tornaria pago. É tudo mentira.

“Por determinação Judicial, a rede WhatsApp não está conectando via áudio e imagens por tempo indeterminado, aguardando parecer da Justiça para a normalização. Informe a todos seus contatos para que a comunicação seja feita de forma escrita”, diz a mensagem.

O trecho compartilhado não tem qualquer fundamento e, pior, essa tática é usada por cibercriminosos. Normalmente, textos do tipo podem vir acompanhados de links que pedem para usuários se cadastrarem ou compartilharem, ajudando a viralizar uma campanha maliciosa.

Outra mensagem diz o seguinte:
“ÚLTIMO AVISO “Não ignore, por favor leia atentamente” Olá, eu sou VARUN PULYANI diretor do whatsapp, esta mensagem é para informar a todos os nossos usuários que nós vendemos whatsapp para Mark Zuckerberg por 19 bilhões de dólares. O WhatsApp agora é controlado pela marca zuckerberg. Se você tiver pelo menos 20 contatos, envie este sms e o logotipo do seu whatsapp mudará para um novo ícone com o “f” do facebook em 24 horas.Envie essa mensagem para mais de 10 pessoas para ativar seu novo whatsapp com serviços do Facebook ou sua conta será excluído dos novos servidores”.

O WhatsApp sempre deixou claro, ainda desta vez, que essas mensagens são falsas. A dica é a seguinte: teve dúvidas? Entre em contato com sites oficiais e busque informações por meio destes canais. Sobre aplicativos e serviços de internet, você pode acessar o TecMundo, com certeza a notícia estará por aqui.